Primeira Rodada do Movimento Amplifique

  • ícone de compartilhamento

A Controladoria-Geral do Estado de Minas Gerais (CGE-MG) lança, nesta terça-feira (11/7), às 19h, no Espaço 104/Seed, em Belo Horizonte, o Movimento Amplifique.

O Movimento Amplifique acontece, inicialmente, em três rodadas. A primeira, no dia 11, é um momento de debates e mobilização que busca integrar tecnologia e inovação ao controle social.

Estarão presentes Diego Calegari, da Plataforma Politize; Marcelo Zenkner, promotor de Justiça no Estado do Espírito Santo; Rodolfo Viana, da Operação Serenata de Amor; Capi Etheriel, da Transparência Hacker; Matheus Moreira, das plataformas Fiscalize Agora e Diagnóstico Público; e Edmar Ferreira, da Rock Content.

A segunda rodada será uma hackathon, ou maratona de hacker, que acontece nos dias 14, 15 e 16 de julho, no Espaço Seed. Programadores, desenvolvedores, designers e comunicadores ficarão 47 horas diretas elaborando sugestões de aplicativos mobile que promovam a participação social na gestão pública. O início será no dia 14, às 19h.

O objetivo das duas rodadas iniciais é mobilizar a comunidade de programadores e startups em Minas Gerais para pensar soluções de inovação para o controle social. 

Já a terceira rodada será no segundo semestre deste ano e está em fase de elaboração. A CGE-MG e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) lançarão um edital para o desenvolvimento do aplicativo que vai atuar no controle social.

O Movimento Amplifique faz parte do Programa Mineiro de Promoção da Integridade (PMPI), lançado em dezembro do ano passado e publicado no Decreto nº 47.185 em maio deste ano. O PMPI é uma política estadual coordenada pela CGE com a finalidade de promover a cultura da ética, integridade e transparência governamental.

Evento: Lançamento do Movimento Amplifique

Local: Espaço Seed – Praça Rui Barbosa 104, Centro de Belo Horizonte

Horário: 19 horas

Data: 11/7/17 – terça-feira