Prazo para cliente negociar débito com a Cemig termina nesta sexta-feira

Empresa oferece condições especiais como, por exemplo, isenção de encargos nos pagamentos à vista e parcelamento em até 24 meses

  • ícone de compartilhamento

Clientes da Cemig que possuem contas atrasadas têm até sexta-feira (12/5) para negociar as dívidas com condições diferenciadas. A Campanha de Negociação de Débitos vai ser encerrada depois de três meses de vigência. Nesse período, cerca de 250 mil clientes procuraram a Cemig, e a empresa recuperou R$ 185 milhões em receita.

O objetivo da Campanha de Negociação de Débitos é conceder uma oportunidade aos consumidores para que regularizem suas pendências financeiras. A Cemig oferece condições especiais como, por exemplo, isenção de encargos (multa e juros) nos pagamentos à vista e parcelamento em até 24 meses, dependendo do número de faturas vencidas.

“A intenção da Cemig não é suspender o fornecimento de energia para os clientes. Por isso, estamos tentando facilitar ao máximo as condições de negociação”, afirma Helton Diniz, superintendente de Gestão da Receita da Distribuição da Cemig.

A negociação poderá ser feita pelo titular da fatura – mediante a confirmação dos dados cadastrais no contato telefônico ou apresentação do CPF ou RG original nas agências de atendimento – ou por representante legal com a devida documentação e a procuração para esse fim.

Proprietários ou inquilinos não titulares da unidade consumidora também podem negociar débitos. Eles devem procurar uma das agências da Cemig e solicitar a troca de titularidade para darem continuidade à negociação.

Os consumidores que desejarem mais detalhes podem utilizar os canais de atendimento convencionais e também o Call Center exclusivo da campanha (0800-721-7003), que funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9h às 15h.

Em Belo Horizonte há uma estrutura exclusiva para negociação de débitos na Rua Itambé 114, bairro Floresta, ao lado da estação Central do metrô. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.



Últimas