Idene apresenta nova estrutura administrativa e conselho aprova prestação de contas de 2017

Esta foi a primeira reunião ordinária do conselho administrativo em 2018. Alinhamento do sistema Sedinor/Idene foi destacado pelos participantes

imagem de destaque
Encontro ocorreu nesta terça-feira (27/3), em Belo Horizonte
  • ícone de compartilhamento

O Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene) realizou, nesta terça-feira (27/3), a primeira reunião ordinária de 2018 do Conselho Administrativo da autarquia, que foi presidida pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor).

O encontro foi presidido pelo secretário da Sedinor e presidente do Conselho de Administração do Idene, Nondas Miranda. Na oportunidade, o secretário executivo do Conselho e diretor-geral da autarquia, Gustavo Xavier, apresentou a prestação de contas do exercício 2017, apontando as principais entregas, bem como as dificuldades de execução.

Em seguida, foi apresentada, também pelo diretor-geral do Idene, a nova estrutura administrativa do Idene alterada pelo Decreto nº 47.352/2018. Segundo Xavier, apesar de existirem obstáculos, a evolução é clara.

“Estamos cada vez mais alinhados e com o propósito de trabalhar em favor dos que mais precisam. Hoje, podemos dizer que todos os programas executados pelo sistema Sedinor/Idene preveem a execução do início ao fim, e isso extingue os problemas futuros”, disse.

Na sequência da reunião, a conselheira Maria Betânia Pires, representante da Unimontes, parabenizou o Idene pelos serviços prestados. “Apesar de todas as dificuldades enfrentadas, o Idene vem evoluindo a cada ano. Nós vemos o esforço que é para manter a qualidade dos serviços prestados à população”, afirmou.

Entre as dificuldades mencionadas estão a de implementação de um modelo de gestão para o efetivo funcionamento dos poços artesianos já perfurados, o cenário fiscal do Estado, assim como o passivo de prestação de contas de convênios de saída – que teve a sua evolução apresentada. Outro ponto é a não localização de bens do patrimônio do Idene, que apresentou uma redução significativa se comparado aos anos anteriores.

Também estiveram presentes na reunião os conselheiros Danilo Jorge Vieira, André Rodrigues da Silva, além de servidores do sistema Sedinor/Idene.



Últimas