Governo do Estado vai investir R$ 21 milhões em cursos de capacitação para jovens

Recursos serão para dez municípios mineiros. Iniciativa promove inclusão produtiva de jovens

imagem de destaque
A secretária de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Rosilene Rocha, anunciou os investimentos
  • ícone de compartilhamento

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), vai investir R$ 21 milhões em diversos cursos de qualificação em outras dez cidades mineiras. O anúncio foi feito durante a entrega a 231 jovens de certificados dos cursos do Projeto Trampos, uma das linhas de ação do Programa Juventudes, da Sedese.

“Com esse recurso podemos fazer muito pelos jovens em situação de vulnerabilidade social de outras cidades que estão excluídos do mercado de trabalho”, afirmou a secretária de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Rosilene Rocha. Ela anunciou os recursos junto com o secretário de Estado adjunto da Educação, Wieland Silberschneider.

Serão atendidas as cidades de Uberlândia, Governador Valadares, Montes Claros, Juiz de Fora, Divinópolis, Teófilo Otoni, Paracatu, São João del-Rei, Curvelo e Diamantina.

Certificação

Os 231 jovens de dez comunidades de Belo Horizonte começam a sonhar com a entrada no mercado de trabalho depois de dois meses frequentando os cursos do Projeto Trampos. Os cursos foram de analista de redes sociais, editor de projetos visual gráfico, assistente de produção cultural, organização de eventos, confeitaria, desenvolvedor de aplicativo para dispositivos móveis, além da capacitação em mecânica de motos.

“Com a qualificação, o mercado de eventos abriu as portas para o meu trabalho. Aprendi a fazer contatos e vender minha música. Hoje recebo em média 500 reais por semana nas festas da cidade”. A afirmação é do DJ Felipe Santana, morador do bairro Bom Destino, de Santa Luzia, que recebeu a certificação.

A moradora do Alto Vera Cruz, Amanda da Silva, que cursou mecânica de motocicleta, estava comemorando um novo momento da sua vida. “Minha expectativa agora é montar uma oficina e uma loja de autopeças com preços mais acessíveis”, comemora Amanda, ao lado do seu namorado Vladimir Izidoro de Lima, do Taquaril, que estava formando no mesmo curso.

“Nesses dois meses foi possível vislumbrar um novo projeto de vida. Junto com Amanda, vamos fazer bons investimentos, já que na região a maioria das pessoas possui uma moto”, afirmou Vladimir, lembrando que os cursos oferecem oportunidades para muitos jovens da região.

Os jovens beneficiados nesta segunda etapa de qualificação são moradores das comunidades do Alto Vera Cruz, Taquaril, Granja de Freitas, Morro das Pedras, Jardim Felicidade, Santa Lúcia, Santa Rita de Cássia, Papagaio e Estrela, bem como do aglomerado da Serra.

Os cursos da Sedese, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (SEE), foram realizados pelo Instituto Yara Tupynambá, de Belo Horizonte, e pela empresa Foco Opinião e Mercado, de Santa Catarina.



Últimas