Governo do Estado leva cinema a moradores de região ribeirinha no São Francisco

Viabilizado pela Secretaria de Cultura, projeto percorre municípios nas proximidades do rio, com exibição da produção audiovisual mineira e realização de oficinas de fotografia

imagem de destaque
O projeto Cinema no Rio São Francisco é um dos 19 contemplados na primeira edição do Prêmio Exibe Minas
  • ícone de compartilhamento

Descentralizar o acesso às manifestações culturais é uma das missões às quais a Secretaria de Estado de Cultura dedica-se cotidianamente. A partir desta sexta-feira (19/5), a realização do projeto Cinema no Rio São Francisco chega a cidades situadas nas proximidades do Rio São Francisco.

A população dos municípios de São Roque de Minas e Vargem Bonita, no Território Sudoeste, e do distrito São José do Barreiro, terão contato com a produção audiovisual mineira. Realizada pela produtora Cinear, a ação é fruto de políticas públicas promovidas por meio do edital Exibe Minas. As exibições acontecem até domingo (21/5).

A sessão de cinema terá em sua programação filmes que abordam questões de gênero e o lugar da mulher na sociedade. O público também irá conferir documentários que foram filmados nessas mesmas localidades. Completam a sessão o curta-metragem “A Menina Espantalho”, de Cássio Pereira dos Santos, e o longa “O Menino no Espelho”, de Guilherme Fiúza.

Como formação também é fundamental, cada uma das localidades irá receber ainda uma oficina de fotografia voltada a alunos da rede pública de ensino e pessoas da terceira idade, estimulando o despertar do olhar fotográfico.

Coordenador e idealizador do projeto, Inácio Ribeiro Neves ressalta a importância de iniciativas como essa. “O prêmio Exibe Minas ajuda a fomentar atividades culturais em regiões que têm pouquíssimo acesso à cultura. A maioria das pessoas que participam do Cinema no Rio São Francisco nunca tiveram a oportunidade de estar em uma sala de cinema”, comenta o realizador.

O projeto Cinema no Rio São Francisco é um dos 19 contemplados na primeira edição do Prêmio Exibe Minas, edital da Secretaria de Estado de Cultura que integra o Prodam – Programa de Desenvolvimento Audiovisual Mineiro.

Confira as sinopses

A Menina Espantalho, de Cássio Pereira dos Santos

Conta a história de Luzia, uma criança que mora no campo com os pais e o irmão e que é impedida de frequentar a escola.

O Menino no Espelho, de Guilherme Fiuza

O filme se passa na Belo Horizonte dos anos 30 e retrata a vida de Fernando, um garoto de 10 anos que ganha um sósia.

Prêmio Exibe Minas

O Programa da Secretaria de Estado de Cultura, desenvolvido por meio do Prodam, tem por objetivo fomentar propostas de estímulo e difusão da produção audiovisual mineira, seja por meio de mostras, festivais ou cineclubes.

A iniciativa visa democratizar o acesso à cultura e aos seus mecanismos de produção dentro da Ação de Apoio, Estímulo, Difusão e Internacionalização de Projetos Culturais do Setor Audiovisual.

Para o diretor de Fomento à Produção Audiovisual, Francisco Matias de Almeida Filho, o Exibe Minas contribui para a ampliação do contato da população com o audiovisual e auxilia na difusão de mostras, festivais e cineclubes.

“O programa converge com as diretrizes de descentralização do acesso à cultura do Governo de Minas Gerais”, pontua o diretor. Dos 19 projetos contemplados, 13 propostas têm como objeto ações realizadas no interior do estado.

A circulação da produção audiovisual mineira é outro fator atendido pelo edital, segundo o coordenador do Programa de Desenvolvimento do Audiovisual Mineiro (Prodam), Gilvan Rodrigues. “O Exibe Minas permite que o audiovisual amplie sua capacidade de inserção no estado e contribui de forma significativa para a formação de público”, destaca.

A primeira edição do prêmio, realizado em 2016, recebeu investimentos na ordem de R$ 1,064 milhão. O edital premiou nove projetos na categoria “Mostra/Festival Audiovisual Mineiro” e dez na categoria Cineclubismo.

Serviço/Cinema no Rio São Francisco – Prêmio Exibe Minas

São Roque de Minas (Território Sudoeste)

Data: 19/5/2017

Oficinas: Escola estadual General Carneiro, 15h30

Filmes: Praça Matriz, 19h30

Vargem Bonita (Território Sudoeste)

Data: 20/5/2017

Oficinas: Escola Municipal Enelize Helena Cunha, 15h30

Filmes: Praça JK, 19h30

São José do Barreiro (Território Sudoeste)

Data: 21/5/2017

Oficinas: Escola Estadual Isaura Vilela, 15h30

Filmes: Praça Central, 19h30



Últimas