Fernando Pimentel recebe embaixadora da Áustria

A intenção de estreitar a relação do Estado com o país europeu esteve na pauta do encontro, no Palácio da Liberdade

imagem de destaque
Audiência ocorreu, nesta sexta-feira (15/12), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte
  • ícone de compartilhamento

O governador Fernando Pimentel recebeu em audiência nesta sexta-feira (15/12), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, a embaixadora da Áustria no Brasil, Irene Giner-Reichl. Durante o encontro, conversaram sobre a relação do Estado com aquele país europeu e o interesse de estreitar relações. O cônsul da Áustria e presidente do Sindicato das Indústrias de Artefatos de Borracha de Minas Gerais (Sinborminas), Roland von Urban, e a secretária de Estado adjunta de Casa Civil e de Relações Institucionais, Mariah Brochado, acompanharam o encontro.

Mariah Brochado lembrou que embaixadora é a representante oficial da União Europeia no Brasil, e que isso amplia a importância da aproximação com Irene Giner-Reichl.

“Ela tem um projeto muito interessante, com uma organização não governamental (ONG) apenas de mulheres, que trabalha com energia renovável”, explicou. Segundo a secretária adjunta, está sendo trabalhada uma parceria entre esta ONG e os projetos Mulheres por Minas, do governo do Estado, para que se tenha um diálogo mais intenso entre Minas Gerais e a Áustria, “particularmente, pelo olhar deste projeto dela que trabalha com formas alternativas na questão energética, inclusive, com aproveitamento de descartes de materiais e alimentos”.

O governo irá apresentar à embaixadora os programas “+Gastronomia” e “Cozinha Inteligente”. Também está sendo analisada uma forma de levar a cachaça e outros produtos típicos mineiros para a Áustria.

O Brasil é o maior parceiro comercial da Áustria na América Latina. Praticamente a metade do total do comércio externo austríaco com esta região é realizada com o Brasil. As exportações mineiras para a Áustria alcançaram US$ 23,8 milhões, em 2015, e US$ 18,7 milhões, em 2016, ao passo que as importações somaram, respectivamente, US$ 36,5 milhões e US$ 27,2 milhões.



Últimas