Expocafé 2017 antecipa equipamentos e soluções para pequenos e grandes produtores

Expectativa dos organizadores é receber, até sexta-feira (19/5), no Campo Experimental da Epamig em Três Pontas, cerca de 20 mil visitantes

imagem de destaque
A Expocafé inovou com a participação de expositores de outros segmentos como embalagens e cafeteiras
  • ícone de compartilhamento

Equipamentos que ainda não chegaram ao mercado já podem ser conferidos pelos produtores na Expocafé 2017, que abriu, nesta quarta-feir (17/5), as portas para o público em Três Pontas, no Território Sul.

Com foco em pequenos e grandes produtores, as empresas expositoras apresentam soluções para facilitar o trabalho na lavoura e garantir qualidade ao café. Mais de 150 expositores, sendo 30 deles estreantes no evento, estão distribuídos em 200 estandes que, nesta 20ª edição, ocupam área ampliada de cerca de 14 mil m² no Campo Experimental da Epamig. A expectativa é receber cerca de 20 mil visitantes até sexta-feira (19/5), como revela o coordenador-geral da Expocafé, Antônio Nunes. 

Presente desde a primeira edição da feira, a Pinhalense guardou o lançamento da máquina Terrena para a Expocafé, que poderá ser usada ainda nesta safra. A máquina tracionada recolhe o café do solo por meio de cabos de aço, independente do declive ou perfil da propriedade, com destaque para a tecnologia embarcada, que dispensa a esteira.

A Penagos do Brasil escolheu a Expocafé para lançar mundialmente o secador Eco Dryer, já disponível para venda nas versões de 5, 10 e 15 mil litros. Segundo o diretor da empresa, Eduardo Chaves, aliado ao descascador, o equipamento termina o processo de secagem do café em no máximo 24 horas - quatro vezes mais rápido que os tradicionais, segundo Eduardo – e atende pequenas propriedades e microprodutores. Participamos das principais feiras do Brasil, mas elegemos a Expocafé para as grandes novidades. Aqui está nosso principal público”, ressalta.

Estreando na feira, a Titã Eletrocomerciais, de Araraquara (SP), trouxe a cafeteira industrial Coffee Line que faz até cinco litros de café moído, utilizando coador de pano para preservar o exigente paladar dos apreciadores de café. A máquina é livre de chumbo, tem isolamento de temperatura e, por isso, permite a adesivagem externa, personalizando a utilização. “Recebemos inúmeras visitas no primeiro dia e nossa expectativa é realizar bons negócios na Expocafé”, espera o gerente comercial Fernando Martinez.

Programação 

Nesta quinta-feira (18/5), das 9h às 17h, será realizada a dinâmica de máquinas na lavoura cafeeira do Campo Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), em Três Pontas. Em 13 estações de campos, cafeicultores poderão conferir o funcionamento de máquinas e equipamentos como roçadeira, atomizador, carreta adubadeira, soprador, derriçadeiras, podadeiras, colhedoras, dentre outros. 

Também integram a programação os minicursos sobre “cultivares de café e produção de mudas para sistema orgânico”, que será ministrado pela pesquisadora da Epamig, Waldênia Moura, e “elaboração de vinhos finos no Sul de Minas”, que será orientado pela enóloga do Núcleo Tecnológico Epamig Uva e Vinho, Isabela Peregrino. As inscrições para a dinâmica e minicursos são gratuitas e podem ser feitas no estande da Epamig, organizadora da Expocafé 2017. 

Serviço:

20ª Expocafé
Local:
Campo Experimental da EPAMIG (Rodovia Três Pontas/ Santana da Vargem)
Funcionamento: 8h às 18h
www.expocafe.com.br
Entrada gratuita



Últimas