Alunos de Uberaba comemoram estrutura e segurança com nova sede de escola

Antiga reivindicação da população foi atendida com a entrega da Escola Estadual Francisco Cândido Xavier

imagem de destaque
Atualmente, a E.E. Francisco Cândido Xavier conta com dois pavimentos e 16 salas de aula para atender 700 estudantes
  • ícone de compartilhamento

Alunos da rede pública estadual de Uberaba, no Triângulo Sul, já podem ter um dia a dia mais tranquilo, confortável e seguro para estudar. Isto porque acaba de ser entregue, pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE), o novo prédio da Escola Estadual Francisco Cândido Xavier, conhecida anteriormente na região como a “Escola do Posto”.

A unidade substitui o espaço antigo, alugado às margens da BR-262, apontado como local preocupante e inseguro pelos pais, já que convivia com a constante circulação de carretas e caminhões. Agora com sede própria, a escola passa a funcionar no bairro Conjunto Beija Flor II, como resultado do esforço da SEE para melhorar a estrutura a educadores e educandos.

“Faltava espaço e liberdade para os alunos durante o recreio. As aulas sempre foram ótimas, porém não tínhamos infraestrutura que acompanhasse as atividades”, relembra a estudante do 3° ano do ensino médio, Tayná Gomes da Silva, 17.

O relato da jovem é confirmado pela mãe dela, a dona de casa Maura beatriz Cardoso de Oliveira, 41. “O primeiro dia de aula na nova escola foi emocionante. Por acaso estava na escola resolvendo algumas coisas da minha filha, quando vi os alunos chegando. Eles pareciam não acreditar no que estavam vendo”, relembra.

Estrutura

Atualmente, a E.E. Francisco Cândido Xavier conta com dois pavimentos e 16 salas de aula para atender 700 estudantes dos ensinos: fundamental, médio e Ensino de Jovens e Adultos (EJA), nos três turnos.

Em funcionamento, a unidade dispõe de  biblioteca, quadras de esportes com vestiários, laboratórios de informática, línguas, física e química, com os últimos arremates de instalação de equipamentos eletrônicos e mobiliários.

“A demanda de estudantes é grande e deve aumentar ainda mais com a entrega das casas do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ do Governo Federal. Para o ano que vem, vamos abrir novas turmas”, conta o diretor da escola, Lindomar Pires.

A estimativa é atender até 1.500 estudantes em 2017. Para tanto, os pais precisam ficar atentos ao prazo de cadastramento escolar, previsto para ocorrer em junho, em todo o estado. Vale lembrar que aqueles alunos que já fazem parte da rede pública e vão permanecer na mesma escola no próximo ano não precisam participar desse procedimento. Saiba mais – www.educacao.mg.gov.br.

Situação encontrada

As obras da E.E. Francisco Cândido Xavier, paralisadas, desde o final de 2014, com 60% de seus trabalhos concluídos, foram retomadas no segundo semestre de 2015. Ao todo, foram investidos R$ 3,9 milhões.

Além da retomada das obras na região, anunciada pelo governador Fernando Pimentel em setembro do ano passado, durante a instalação do Fórum Regional de Governo – Território do Triângulo Sul, outros investimentos também contemplam a área de educação. São recursos destinados a obras, aquisição de equipamentos e mobiliário para melhorar a infraestrutura escolar.



Últimas