Pronunciamento do governador Fernando Pimentel durante homenagem com a Medalha do Mérito Renascença, no Piauí

  • ícone de compartilhamento
download do áudio

Eu quero apenas aproveitar esse breve momento para compartilhar com todos os presentes aqui dois sentimentos. O primeiro é um sentimento muito forte, muito sincero, muito legítimo, de emoção. Emoção por estar sendo agraciado com a mais alta comenda do Estado do Piauí. Não é uma comenda qualquer, é uma medalha do Estado que guarda em seu território as provas da mais remota existência do homem no território brasileiro. Guarda aqui a memória arqueológica do início daquilo que nós podemos chamar da civilização brasileira.

Então para mim é um motivo de orgulho, de honra e de emoção receber uma comenda como essa. Mais ainda de poder compartilhá-la nesta noite com personagens tão ilustres, tão queridos, tão admirados como o governador Jackson Barreto, na pessoa de quem eu quero mencionar todos os outros que estiveram aqui nesse espaço, nesse palco, e que me emocionaram muito. Emoção que eu tive a receber a notícia de que seria homenageado foi se prolongando à medida em que começou essa noite.

Aliás, começou com aquela belíssima apresentação do coral de crianças aqui. Eu sou mineiro, de nascimento, de criação, e toda a minha vida, exceto um breve período que eu tive que deixar o meu Estado na luta contra a ditadura, eu tive que sair para a clandestinidade e depois para a prisão política, mas sempre vivi em Minas Gerais. Todo mineiro no fundo tem a alma nordestina, então nada me emocionou mais do que ver aquelas crianças cantando aqui com a zabumba, com o triângulo, com a sanfona e aquilo tocou o meu coração, de maneira que daí para frente foi só emoção, governador Wellington. Queria te agradecer muito essa oportunidade de ver aqui no palco a riqueza cultural, a diversidade, e que maravilha o Estado do Piauí.

Para quem não conhece o Brasil, eu conheço um pouco, mas para quem quer conhecer o Brasil venha ao Piauí. Aqui nós temos a cara do Brasil do jeito que ele é, com a beleza encantadora da nossa Miss Brasil, com a experiência daqueles vaqueiros tão bonitos que estiveram aqui, com aquelas crianças tão maravilhosas, enfim, eu fiquei de fato emocionado.

Então esse sentimento de emoção se mistura com outro sentimento que eu quero compartilhar para encerrar. E aí eu lembro para falar desse sentimento um poeta piauiense, que era da minha geração e nos deixou precocemente e eu tenho profunda admiração que é Torquato Neto, autor de letras maravilhosas da Música Popular Brasileira. Tem uma música dele, se não me engano em parceria com o Gilberto Gil, em que se chama Louvação e tem aquela frase que eu gosto muito e diz assim: louvo da vida o bem maior, louvo a esperança da gente na vida para ser melhor.

É de esperança que eu quero falar aqui, esse sentimento que tem feito tanta falta ao povo brasileiro nesses dias tormentosos e turbulentos que nós estamos atravessando. Eu renovei a minha esperança nessa noite aqui hoje, ao ver o espetáculo que foi essa cerimônia, esse agraciamento de medalhas ao povo do Piauí, ao povo do nosso país, da alma profunda do povo brasileiro, foi isso que nós homenageamos e celebramos na noite de hoje. Dado pelo governo do Piauí, dirigido por esse líder político que nos honra e orgulha muito a todos os brasileiros que é o nosso governador Wellington Dias, que tem feito um excelente governo e um excelente trabalho aqui e é exemplo para nós todos.

Para mim em Minas Gerais, você sabe disso, vários secretários do meu Estado estiveram aqui bebendo da sua experiência, inspirando-se na área educacional, na área da assistência social, enfim, a criatividade que o governo do Wellington tem mostrado aqui é exemplo para todos nós. Mas o que me encheu de esperança foi ver a maravilha que é hoje o Estado do Piauí, essa gente guerreira.

Então eu vou voltar para Minas, para o sudeste do Brasil, e lá se fala muito em crise, e eu agora sei como é que eu vou responder. Quem quiser ver crise, quem quiser ver como se enfrenta a crise com trabalho, com dedicação, mas também com alegria, com emoção, vá ao Piauí, é lá que o Brasil está vencendo a crise. Que Deus ilumine à todos, muito obrigado pela homenagem.